Comprometimento, você sabe o que isso pode significar para um negócio?9 min read
Alexandre Spada

Escrito por Alexandre Spada

Comprometimento… Você acredita que algum negócio de sucesso seria criado sem ele?

Vamos refletir um pouco mais? Você acha que existiriam atletas, professores, cientistas, médicos, pais ou que alguém conseguiria se tornar profissional ou atingir “expertise” em alguma área sem comprometimento?

Nem sempre nos damos conta, mas nos comprometemos a todo momento. Por exemplo, quando acertamos uma reunião, quando marcamos um encontro, quando assumimos o compromisso de buscarmos nossos irmãos na escola, quando decidimos frequentar uma academia e etc.

Obviamente cada um dos exemplos acima requer um nível diferente de comprometimento, mas em todos os casos, se comprometer é determinante para que seja possível alcançar um objetivo.

Afinal, o que é comprometimento?

O comprometimento é uma característica marcante em pessoas com alto nível de realização e sucesso. Estar comprometido significa lidar com responsabilidades assumindo irrestritamente seus riscos e mantendo-se sempre engajado.

Se comprometer é fazer uma promessa recíproca. É doar-se e envolver-se nela até que se cumpra o que foi proposto.

Comprometimento e Responsabilidade, Sucesso e Fracasso

Comprometimento e Responsabilidade, Sucesso e Fracasso

Da mesma forma como o comprometimento está ligado ao sucesso, ele também está diretamente ligado ao fracasso!

Não acredita? Então reflita comigo mais uma vez…. Se lembra daquele seu projeto que saiu do papel, mas acabou voltando para a gaveta; daquela dieta que desistiu várias vezes ou daquele novo hábito que você tenta desenvolver, mas ele insiste em não entrar na sua rotina?

Mesmo que não seja algum dos exemplos acima, certamente você tem algo que se envolveu e acabou deixando de lado. Nesses casos, como você classificaria seu nível de comprometimento? Seja sincero…

Não se preocupe caso muitas lembranças tenham vindo à sua memória! Quem nunca passou por uma situação semelhante que atire a primeira pedra!

Por ser um assunto que retrata o cotidiano da maioria das pessoas, muitos estudos psicológicos e comportamentais foram realizados na busca de identificar o que realmente mantém uma pessoa comprometida ao longo do tempo.

Descobriu-se que há a necessidade de vários fatores para que alguém se mantenha fiel às suas metas, dentre eles que haja envolvimento e alinhamento entre a promessa e os objetivos de quem a assume.

Na minha opinião aqui está o ponto! Havendo esses dois elementos, nunca faltará motivação, que é o combustível que faz com que o envolvimento se mantenha constante.

Um motivo forte será responsável por levar o indivíduo adiante, suportando todas as dificuldades, riscos e responsabilidades que surgirão pelo caminho até que se alcance o que foi proposto.

O que leva à falta de comprometimento organizacional?

Falta de Comprometimento Organizacional

Como vimos no tópico anterior, no âmbito pessoal, a falta de comprometimento geralmente acontece quando o indivíduo estabelece seus objetivos com base em motivos superficiais e que não geram a carga de motivação necessária para que ele se mantenha firme em seu propósito.

Mas essa relação se aplica também ao ambiente organizacional? Eu diria que em partes…
Quando falamos de empresas é necessário avaliar as situações sob outras perspectivas, e em alguns casos, o cenário fica um pouco mais complexo.

Esse assunto é bastante polêmico e traz opiniões divergentes, mas em linhas gerais, para que o empreendedor consiga estimular o comprometimento em sua equipe é preciso um conjunto de elementos, que somados podem constituir um cenário favorável para que ela caminhe alinhada aos objetivos organizacionais.

Não sou especialista em Recursos Humanos, mas em minha experiência prestando consultoria a vários negócios e até mesmo durante o período que não era empresário, pude observar que algumas ações contribuem (e muito) para manter no time o desejo de fazer parte da empresa, participar do seu crescimento e acima de tudo, de trabalhar com a postura de dono. Vamos a eles?

Processo de contratação assertivo: Nenhum colaborador será comprometido se não conseguir enxergar realização naquilo que faz. Portanto, é muito importante que se defina antes da contratação um perfil que possua valores, características e aspirações que estejam alinhados aos objetivos do negócio. Assim, haverá muito mais chances de se estabelecer uma relação ganha / ganha, ou seja, que proporcione crescimento mútuo.

Comunicação efetiva: Colaboradores tendem a ter mais responsabilidade e comprometimento com as suas tarefas quando sabem o real motivo pelo qual as estão desempenhando. Não importa se é uma ação estratégica ou parte de um processo complexo, ter a visão do todo e saber suas razões estimula o envolvimento, além de favorecer o sentimento de amizade e segurança. Quanto maiores forem os motivos para a equipe, maiores também serão as chances de comprometimento.

Possibilidade de crescimento: Por mais que os objetivos do colaborador estejam alinhados aos da empresa, todos almejam crescer em suas áreas de atuação. Planos de carreira bem definidos e incentivos educacionais que possam gerar oportunidades (cursos, treinamentos, processos de coaching) despertam essa possibilidade, criando condições que satisfaçam essa necessidade e eliminem o destrutivo sentimento de inércia.

– Reconhecimento: Elogios constroem relações profundas e duradouras, além de gerarem um alto nível de comprometimento. Dificilmente alguém que foi reconhecido por um excelente trabalho irá querer deixar de ser lembrado pela qualidade do que faz, e isso gera, antes de mais nada, comprometimento consigo mesmo.

Crença nos produtos e serviços do negócio: Para que todos os itens citados anteriormente funcionem, não podemos esquecer de algo fundamental para que uma equipe se mantenha comprometida. Estou falando da sua crença nos produtos e serviços desenvolvidos na empresa. Até que ponto os colaboradores acreditam na qualidade, nos resultados e na transformação que o negócio se propõem e promete realizar em seus clientes? Caso não acreditem plenamente, jamais serão realmente comprometidos!

Comprometimento como Característica de Comportamento Empreendedor (CCE)

CCE - Comprometimento
Em estudos sobre empreendedorismo existe um consenso sobre um conjunto de características presentes em empreendedores de sucesso, que quando desenvolvidas ou trabalhadas podem levar o empresário a patamares acima da média.

Devido à sua importância, o psicólogo norte-americano David McClelland, introduziu o comprometimento em seu estudo cientifico (realizado em 34 países), como sendo uma das 10 características de comportamento mais presentes em empreendedores de sucesso.

Se quiser se inteirar mais sobre o assunto, recomendo o artigo:

10 Características Comprovadas Cientificamente que levam empreendedores ao sucesso (CCEs – Características de Comportamento Empreendedor

Para MacClelland, essas são as características que todo empreendedor deve ter ou desenvolver para ser bem-sucedido.

Tais características ou habilidades constituem a base de vários programas para desenvolvimento de empreendedores ao redor do mundo, inclusive no Brasil, através do EMPRETEC do SEBRAE.

É simples enxergarmos uma relação clara entre o comprometimento e empreender, afinal, estar à frente de um negócio requer, segundo a própria definição oficial do SEBRAE:

Assumir responsabilidade pessoal pelo desempenho necessário ao atingimento de metas e objetivos. Colaborar com os funcionários ou se colocar no lugar deles, se necessário para terminar um trabalho. Esmerar-se em manter os clientes satisfeitos e colocar em primeiro lugar a boa vontade a longo prazo, acima do lucro a curto prazo.

Acredito que tenha ficado claro ao longo deste texto a importância do comprometimento. Pode acreditar, não há grandes realizações sem ele.

Comprometimento ou envolvimento?

Seja na vida pessoal ou profissional, muitas pessoas ainda confundem os conceitos de comprometer-se e envolver-se.

Vamos a dois exemplos que ilustram bem as diferenças.

Comprometimento-e-Envolvimento

Infelizmente, o que mais vemos pelo mundo são pessoas envolvidas, que não estão por inteiro naquilo que estão fazendo e tampouco dispostas a irem fundo e saírem de cima do muro.

Essas pessoas tem como característica marcante a superficialidade da ausência de objetivos concretos, de ideais, de filosofias e até mesmo de uma visão de futuro.

Não estou falando aqui de obrigações, mas de ações que são geradas e estimuladas por um propósito maior.

Para fechar este artigo, quero deixar duas reflexões que gosto bastante sobre comprometimento. Não deixe de ler!

O poder do comprometimento

Enquanto não estivermos comprometidos poderá haver hesitação, a possibilidade de recuar e, sempre, a ineficácia.

Em relação a todos os atos de iniciativa (e de criação) existe uma verdade elementar, cuja ignorância mata inúmeros planos e ideias esplêndidas: no momento em que, definitivamente, nos comprometemos, a providência divina também se põe em movimento.

Todo tipo de coisa ocorre para nos ajudar, que em outras circunstâncias nunca teriam ocorrido.
Todo um fluir de acontecimentos surge a nosso favor como resultado da decisão, todas as formas imprevistas de coincidências, encontros e ajuda material que nenhum homem jamais poderia ter sonhado encontrar em seu caminho.

Qualquer coisa que você possa fazer ou sonhar, você pode começar.

A coragem contém em si o poder, o gênio e a magia!

Nada se compara ao comprometimento

Nada no mundo se compara ao comprometimento. Nem o talento; não há nada mais comum do que homens malsucedidos e com talento.

Nem a genialidade; a existência de gênios não recompensados é quase um provérbio. Nem a educação; o mundo está cheio de negligenciados educados.

A persistência e determinação são, por si só, onipotentes. O slogan “não desista” já salvou e sempre salvará os problemas da raça humana.

E então, gostou do post? Não deixe de nos dizer a sua opinião.

Forte abraço!

Alexandre Spada

Escrito por Alexandre Spada

Alexandre é Mestre em Design, Tecnologia e Inovação, Master in Business Administration em Gestão Estratégica de Negócios, Especialista em Engenharia Web e Bacharel em Ciência da Computação.

Compartilhe nas redes sociais:

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
logo-2-2016-min-1.png

Somos a SFORWEB Agência Digital, uma empresa especializada em oferecer soluções digitais para que pequenas e médias empresas utilizem o potencial da internet para gerar negócios.

newsletter-sforweb-edit-

Quer aprender sobre Marketing Digital?

Cadastre-se e receba em primeira mão as novidades do Blog em seu email.

O que você achou deste artigo? Conte-nos abaixo nos comentários:

Ativo-3.png

Mais que uma Agência Digital a SFORWEB alia tecnologia, criatividade e estratégia a mentes brilhantes para desenvolver soluções eficazes e personalizadas para empresas que buscam gerar negócios na internet.

Fale Conosco

Rua Nova Prata, 121 – Vila Maria
São Paulo | CEP: 02122-090
Telefone: (11)3042-2959
Vale do Paraíba: (12)99740-4988

COPYRIGHT 2019 – SFORWEB AGÊNCIA DIGITAL