Meta Description: 5 táticas de SEO para redigir tags que geram cliques

foto-de-perfil2017.png

Escrito por: Alexandre Spada

Insira seu endereço de e-mail para receber as atualizações e novos artigos do Blog gratuitamente.

Meta description é um pequeno resumo do conteúdo das páginas de websites e blogs. Elas são exibidas logo abaixo do título e do endereço da página nos resultados de pesquisas (SERPs) realizadas em mecanismos de busca como o Google.

A meta description em SEO On-Page tem um importante papel, tanto para os motores de busca quanto para quem realiza uma pesquisa, constituindo um fator determinante que impacta diretamente na decisão do usuário clicar ou não em um resultado.

Meta description - exemplo

Estes pequenos resumos são oportunidades para que um negócio conquiste a atenção dos pesquisadores, e também o recurso necessário para que eles possam identificar se um resultado é relevante e trará as informações que estão sendo pesquisadas.

Resumidamente, a principal função da meta description é auxiliar os usuários a escolherem os melhores resultados, ou seja, aqueles que parecem melhor satisfazer sua necessidade de informação.

Como a otimização para mecanismos de busca (SEO) é repleta de detalhes que precisam ser levados em consideração para que tragam resultados, escolhemos para este artigo 5 táticas para redigir meta descriptions matadoras. Vamos a elas…

1. Escreva a meta description com no máximo 160 caracteres

O Google, assim como os demais mecanismos de busca, delimitam o espaço destinado à meta description.

Atualmente, segundo sua mais recente atualização, as empresas possuem 160 caracteres para descrever seu conteúdo e atrair os usuários para suas páginas.

É importante respeitar esse número, pois o Google por exemplo, exibe apenas os 160 caracteres iniciais da descrição.

Caso o resumo ultrapasse esse limite, ele será exibido incompleto, o que poderá afetar o entendimento do usuário sobre o conteúdo da página, e assim, interferir em sua decisão de visitá-la ou não.

Por outro lado, meta descriptions muito curtas não são bem vistas por mecanismos de busca, pois desperdiçam o espaço destinado a auxiliar os usuários a fazerem melhores escolhas, e assim, alcançarem seus objetivos com a pesquisa.

O recomendado é criar uma meta description que chegue o mais próximo possível de 160 caracteres, porém, nunca deixando de lado sua estrutura semântica.

2. Use palavras-chave com naturalidade

Para garantir que os usuários decidam se uma página é relevante ou não para sua pesquisa, as empresas devem escrever meta descriptions que não sejam spam e não contenham palavras-chave (keywords) em excesso, ou que se fazem desnecessárias ao contexto do resumo.

Use palavras-chave que se encaixam naturalmente na descrição, que estejam associadas ao conteúdo real da página e que também possuam um bom volume de pesquisas.

Se você não sabe como escolhê-las, existem no mercado inúmeras ferramentas para auxiliá-lo, como por exemplo o Planejador de Palavras-Chave do Google.

meta description - planejador de palavras-chave

Tais ferramentas irão garantir que você gere conteúdo corretamente, com as palavras e expressões adequadas que garantirão o tráfego para suas páginas e campanhas de marketing.

3. Use meta descriptions únicas e que levem os usuários a tomarem uma ação

Ao escrever uma meta description, é preciso ter em mente, que em uma página de resultados, ela será a responsável por diferenciar um negócio de seus concorrentes.

Portanto, ela deve ser formulada de maneira diferente, de modo a estimular a curiosidade e fazer com que um conteúdo se destaque dos demais. Para isso, é importante avaliar a meta description de outras páginas que falam sobre o mesmo assunto, e assim, identificar possíveis melhorias.

Meta description - Plugin Yoast SEO

Outro ponto importante, é que uma meta description deve ser única em um website, ou seja, para que seja considera otimizada e traga benefícios aos olhos dos mecanismos de busca, cada página deve conter um resumo exclusivo.

Não use descrições duplicadas, isso pode confundir os leitores decidindo em que resultado clicar e também os mecanismos de busca sobre qual página exibir como resultado de pesquisa.

Por fim, chamar o usuário à ação durante a meta description pode dar aos leitores uma motivação extra para que cliquem em uma página.

Use chamadas para ação como “Experimente gratuitamente” ou “Clique aqui e saiba mais” para tornar sua meta description mais atraente, e assim, permitir que os usuários entendam claramente qual será o seu benefício ao realizar o clique.

4. Busque sugestões de meta description em ferramentas de SEO

Existem muitas ferramentas de SEO disponíveis no mercado que colocam de lado a adivinhação e trazem o trabalho de redação para processos concretos e baseados em números.

Através delas é possível saber se uma meta description funcionará bem, tanto para os motores de busca como o Google, quanto para os usuários.

Umas dessas ferramentas é o BrightEdge, que possui como uma de suas funcionalidades a recomendação de meta descriptions. Ela permite verificar se os resumos contém as palavras-chave que o conteúdo deseja se posicionar bem nas pesquisas, e se elas são as mais eficazes para o contexto.

Meta description - ferramenta BrightEdge

Caso não sejam, o sistema irá sugerir quais palavras tendem a gerar resultados e levar mais usuários para uma página, aumentando assim, sua taxa de cliques.

Se você usa o WordPress como plataforma de gerenciamento de conteúdo (CMS), outra ferramenta que ajudará a otimizar as meta descriptions é o plugin Yoast. Este plugin, além de fornecer modelos para descrições, permite a visualização prévia de como o resumo será exibido nas páginas de resultados de mecanismos de busca.

5. Otimize sua meta description buscando responder a uma pergunta

O Google Quick Answers ou Google Caixa de Respostas como é conhecido no Brasil está se tornando cada vez mais importante para empresas que buscam otimizar a posição de suas páginas em resultados de pesquisa.

O número de consultas que receberam Caixas de Respostas como o primeiro resultado de uma pesquisa subiu de 20% em 2014 para 30% em 2016, o que demonstra sua forte tendência.

Uma meta description que responda objetivamente a uma pergunta tende a ser considerada mais relevante pelos mecanismos de busca, uma vez que pode sanar a dúvida de um usuário sem que ele precise realizar o clique e visitar uma página.

Elas aparecem mais freqüentemente em buscas que começam com “o que é” ou “como fazer“.

Por este motivo, tais resultados são exibidos acima de todos os outros, o que pode ser uma ótima estratégia para ganhar mais visibilidade.

O que torna essa estratégia vantajosa é o fato de que sites classificados na terceira ou quarta posições podem receber uma Caixa de Resposta e assim, aparecer na frente de páginas melhor classificadas, sem sequer ocupar o melhor lugar no ranking.

Isso chama a atenção do usuário para este resultado, o que pode gerar um impacto muito positivo no sucesso do site.

Conclusão

Embora a meta description não seja um fator de classificação, ela é considerada um dos principais elementos de otimização de páginas web para mecanismos de busca como Google.

Ela, juntamente com o título da página, são os principais elementos que diretamente incidem na decisão do usuário clicar ou não em um resultado, mostrando se o conteúdo atenderá ou não às suas necessidades.

Desse modo, meta descriptions que geram resultados mostram que o conteúdo da página tem relação com a consulta realizada, e demonstram claramente o que o usuário irá encontrar ao efetuar o clique.

Recapitulando:

  • Uma meta description deve conter (atualmente) entre 150 a 160 caracteres.
  • A palavra-chave principal do conteúdo deve aparecer obrigatoriamente na meta description. Não há problema em usar também palavras-chave relacionadas.
  • A descrição precisa ser semanticamente coerente.
  • Leve os usuários a agir através da meta description.
  • Evite duplicidade. Cada meta description deve ser única.
  • Utilize ferramentas e plugins para auxiliar na redação.
  • O Google Quick Answers pode ser uma excelente estratégia para aparecer na frente dos concorrentes sem ter uma página bem classifica pelos mecanismos de busca.

Ficou com alguma dúvida sobre a criação de meta descriptions? Deixe seu comentário abaixo. Será um prazer responde-la!

Até o próximo artigo…

Sobre <strong>o autor</strong>

Sobre o autor

Alexandre Spada é empresário na área de tecnologia, formado em Ciência da Computação, Especialista em Engenharia Web e Gestão Estratégica de Negócios. Atualmente, Alexandre cursa Mestrado em Design, Inovação e Tecnologia.

Saiba mais

O que você achou do artigo?

Compartilhe conosco suas impressões, experiências e dúvidas sobre o assunto.

logo-2-2016-min.png

A SFORWEB é uma agência especializada em Marketing Digital focada em oferecer soluções sob medida para pequenas e médias empresas. Conheça alguns dos nossos serviços:

👉 Automação de Marketing
👉 Consultoria em Marketing Digital
👉 Inbound Marketing
👉 Inside Sales
👉 SEO – Search Engine Optimization
👉 Links Patrocinados
👉 Web Design & Growth Driven Design

newsletter-sforweb-edit-

Receba as atualizações do Blog

Insira seu endereço de e-mail abaixo para receber gratuitamente as atualizações e novos artigos do Blog.

arrow-news2—

Copyright © 2018 · SFORWEB Agência Digital © Todos os direitos reservados

Rua Nova Prata, 121 – Vl. Maria | São Paulo – SP