Como a realidade virtual irá impactar o futuro do marketing e da publicidade?

foto-de-perfil2017.png

Escrito por: Alexandre Spada

Insira seu endereço de e-mail para receber as atualizações e novos artigos do Blog gratuitamente.

Um estudo realizado pela Omnivirt revelou que mais de 170 milhões de pessoas usarão tecnologias de Realidade Virtual até o final de 2018, e esse número está prestes a aumentar muito nos próximos anos.

Sua aceitação no mercado vem sendo tão surpreendente que as receitas globais geradas através da tecnologia atingiram a marca de $7 bilhões de dólares no final de 2017. Além disso, espera-se que esse valor cresça em média 10 vezes até 2021.

Receita Global da Realidade Virtual – 2017 a 2021
Receita Global da Realidade Virtual – 2017 a 2021

Diante de tais circunstâncias, a questão já não é mais se a Realidade Virtual irá ou não mudar a forma como as empresas captam novos negócios, geram demanda, se relacionam e fidelizam seus clientes, mas sim, como isso acontecerá.

Obviamente, muitas áreas terão que se adequar às inúmeras possibilidades trazidas por essa tecnologia, mas sem dúvida, os profissionais de marketing e publicidade serão diretamente impactados e terão grandes desafios pela frente.

Se você quer conhecer esses desafios, ter insights e saber como a Realidade Virtual pode se tornar uma importante ferramenta para a sua empresa, não deixe de ler esse texto até o fim.

Pronto para o futuro? Então vamos lá…

Como a Realidade Virtual pode impactar as áreas de marketing e  publicidade?

Realidade Virtual e as áreas de marketing e publicidade

O marketing e a publicidade sempre foram orientados pela tecnologia.

De jornais impressos a mídias sociais, os empreendedores sempre fizeram uso dos mais modernos recursos para levar sua mensagem ao público-alvo, e assim, atingir aos seus objetivos empresariais.

Os avanços tecnológicos que estamos vivenciando tem colocado a Realidade Virtual como o próximo passo natural neste processo, proporcionado através da sua utilização, possibilidades e recursos até então apenas sonhados por profissionais dessas áreas.

Vejamos a seguir alguns deles:

1. A Realidade Virtual Permite Real Imersão em conteúdos

A Realidade Virtual cria um ambiente 360º, capaz de eliminar toda e qualquer distração, proporcionado aos consumidores uma experiência imersiva e totalmente concentrada.

Não importa como a ação envolvendo a Realidade Virtual seja projetada ou que tipo de conteúdo será desenvolvido, ela sempre irá envolver por completo quem as utilizar.

Imagine como seria para você poder estar dentro de um comercial e poder interagir de forma “quase real” com todo o ambiente… Não seria incrível?

Para empresas, isso se traduz em um aumento drástico de aproveitamento das suas campanhas, além de um aumento significativo da influência que a marca pode exercer em seus consumidores.

2. A Realidade Virtual impulsiona e estimula a interação

A Realidade Virtual apresenta experiências em ambientes projetados em 3D, que permitem aos usuários escolherem entre inúmeras possibilidades de ação, e assim como na vida real, encontrarem seu próprio caminho dentro do conteúdo.

Antes da Realidade Virtual, a TV e o cinema eram as mídias mais imersivas que conhecíamos, mas de longe se assemelham à VR (Virtual Reality).

Em mídias criadas para a TV e o cinema – por mais envolventes que sejam – somos meros espectadores, enquanto na VR estamos  lá, participando ativa e “presencialmente” de cada momento.

Segundo Johnny Marchant, especialista de Tecnologia da Informação da Essay on Time:

A Realidade Virtual é um genuíno impulsionador de interação e engajamento porque ninguém fica em um só lugar enquanto interage em um ambiente 3D. Os consumidores são praticamente forçados a serem proativos e a descobrir cada segmento do conteúdo de forma estimulante e divertida.

3. Integração social ativa

Embora ambientes imersivos suscitem preocupações sobre alienação, a VR não isolará completamente seus usuários.

Pelo contrário, a ideia para a publicidade é que ela se torne um importante canal de mídia social, que permita a amigos digitais se comunicarem e interagirem entre si através do conteúdo de maneira muito mais ativa do que estamos acostumados atualmente.

É exatamente por isso que o Facebook está investindo no Oculus Rift. A empresa quer criar uma tecnologia de mídia social inovadora através da Realidade Virtual que levará o consumo de conteúdo ao próximo nível.

Se você chegou até aqui provavelmente já percebeu o enorme potencial da VR para o marketing e publicidade. Mas, como na prática ela pode ser utilizada para influenciar os consumidores de um negócio?

Na prática, como a Realidade Virtual está mudando o marketing e a publicidade?

Realidade virtual aplicações práticas para as áreas de marketing e publicidade

Como todo conceito inovador, a VR inspira os empreendedores a pensar fora da caixa e criar maneiras de aproveitar ao máximo todo o seu potencial. E é isso que já vem acontecendo ao redor do mundo.

Por se tratar de algo relativamente novo, ainda temos poucos cases sobre a sua utilização, mas algumas de suas aplicações estão se consolidando e atraindo a atenção não somente de consumidores, mas também, de outras empresas interessadas em incorporar a tecnologia à sua estratégia.

Vejamos alguns exemplos e aplicações práticas da Realidade Virtual:

1. Teste de produtos/serviços

A VR torna mais fácil para os consumidores testar efetivamente produtos ou serviços com riqueza de detalhes antes de concretizar o negócio, reduzindo assim, a possibilidade de insatisfação pós-compra.

Através da Realidade Virtual também é possível com que empresas validem suas ideias de maneira muito mais assertiva, com aprendizados rápidos e concretos.

Um exemplo interessante nesse sentido é o da montadora Renault, que criou um test drive de 360º para apresentar seu novo modelo Koleos. Nele, a montadora tem como objetivo oferecer aos seus potenciais clientes a experiência de como é dirigir o veículo.

A indústria automotiva é um dos segmentos de mercado que podem explorar essa tecnologia com bastante sucesso, afinal, não há nada mais estimulante para influenciar a compra de um carro do que sentir as sensações de dirigi-lo.

Achou interessante? Então que tal “viajar antes de viajar” escolhendo o destino do seu próximo passeio através de um tour virtual pelos locais antes de se decidir?

Neste exemplo, a Realidade Virtual pode permitir que os futuros viajantes tenham impressões reais sobre os lugares que pretendem conhecer, e assim, possam optar pelo mais adequado às suas preferências.

O Amadeus IT Group é um dos pioneiros do uso da Realidade Virtual para o segmento de turismo.

Sua tecnologia não apenas permite que seus clientes procurem os melhores lugares para ir, mas também, que escolham seus voos percorrendo um avião para selecionar seus assentos.

Todas as opções relacionadas à viagem são realizadas através de um processo imersivo de VR.

As lojas de varejo também não ficam de fora do uso dessa tecnologia.

A Realidade Virtual pode ajudar, por exemplo, potenciais compradores a experimentar roupas e encomendar produtos que lhes sirvam com perfeição através da VR.

Chega de números errados, chega de filas de espera para provadores. Tudo em uma loja poderá estar disponível instantaneamente.

2. Manuais e Tutoriais de produtos/serviços

A criação de manuais e tutoriais de produtos e serviços são atividades que também estão sendo impactadas pela Realidade Virtual.

O uso dessa tecnologia para tal finalidade diminui o nível de dificuldade para a realização de inúmeras atividades.

Imagine como seria ver em detalhes alguém montando aquele guarda-roupas que você passou horas tentando descobrir onde as peças se encaixam…

As possibilidade para esse uso da VR não tem limites. O conceito pode ser aplicado para o uso em softwares, aplicativos, ferramentas de design e para qualquer tipo de treinamento.

Voltando ao assunto principal deste texto, essas práticas são ótimas oportunidades para profissionais de marketing e publicidade, que podem se valer das estratégias de marketing de conteúdo para envolver seus potenciais consumidores antes que eles se tornem de fato clientes.

3. Relacionamento com os clientes

Após a adesão quase que em massa do marketing digital, as relações entre as empresa e seus clientes tornaram-se um dos diferenciais competitivos mais valorizados de uma marca.

Em um cenário onde todos os negócios estão falando sobre sua visão e missão, é mais simples transmitir seus valores por meio de conteúdos realistas.

Usando a Realidade Virtual, uma organização pode oferecer visitas guiadas pela empresa, explicar suas origens e mostrar às pessoas o que a torna tão especial.

Esta é uma ótima maneira de aumentar o interesse do consumidor, mostrar o lado humano de um negócio e fortalecer as relações com o público-alvo.

A Realidade Virtual é o futuro do marketing e da publicidade?

A realidade virtual é o futuro do marketing e da publicidade

A VR é uma das últimas tendências em publicidade, inclusive para redes sociais.

É uma tecnologia revolucionária que abre uma imensidão de novas oportunidades para que gestores e empreendedores envolvam imersivamente seus consumidores e criem experiências únicas e personalizadas.

Através dela, uma empresa pode transportar o usuário para outro lugar, envolvê-lo com esse novo mundo e estimulá-lo a explorar.

Esse novo contexto de percepções e sensações se traduzem em grandes oportunidades para que empresas gerem negócios.

Um estudo do Ericsson ConsumerLab constatou que comprar é a principal razão que leva usuários de smartphones a buscarem soluções de Realidade Virtual, pois assim “podem ver os produtos em sua forma e tamanho reais antes da compra”.

E essa preferência não corresponde apenas ao varejo, tanto que a Cadillac já está usando a realidade virtual para criar concessionárias virtuais.

É fato que o mercado ainda está amadurecendo e perdendo a timidez nos investimentos em realidade virtual. Mas, essa parece ser uma das grandes tendências para os próximos anos para as áreas de marketing e publicidade.

As movimentações de grandes empresas comprovam isso!

Até o próximo artigo…

Compartilhe nas redes sociais:

Facebook
Google+
Twitter
LinkedIn
Sobre <strong>o autor</strong>

Sobre o autor

Alexandre Spada é empresário na área de tecnologia, formado em Ciência da Computação, Especialista em Engenharia Web e Gestão Estratégica de Negócios. Atualmente, Alexandre cursa Mestrado em Design, Inovação e Tecnologia.

Saiba mais

O que você achou do artigo?

Compartilhe conosco suas impressões, experiências e dúvidas sobre o assunto.

logo-2-2016-min.png

A SFORWEB é uma agência especializada em Marketing Digital focada em oferecer soluções sob medida para pequenas e médias empresas. Conheça alguns dos nossos serviços:

👉 Automação de Marketing
👉 Consultoria em Marketing Digital
👉 Inbound Marketing
👉 Inside Sales
👉 SEO – Search Engine Optimization
👉 Links Patrocinados
👉 Web Design & Growth Driven Design

newsletter-sforweb-edit-

Receba as atualizações do Blog

Insira seu endereço de e-mail abaixo para receber gratuitamente as atualizações e novos artigos do Blog.

arrow-news2—

Copyright © 2018 · SFORWEB Agência Digital © Todos os direitos reservados

Rua Nova Prata, 121 – Vl. Maria | São Paulo – SP